segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

A Europa Sempre


Quem assiste futebol internacional e tem opinião independente, com conhecimento mínimo, sabe que esta eleição envolvendo a revista France Football e a FIFA, tem motivações e interesses voltados para a Europa.

Não precisa ser comentarista esportivo de alto nível nacional, para opinar; muitos deles decepcionam com seus "pitacos" e escolhas. Alguns chegam a ser antipáticos e insuportáveis, metidos a donos da verdade; diferente do passado com João Saldanha e Rui Porto, só para citar os melhores. Portanto, não é preciso saber o que eles pensam, sobre melhores jogadores como torcedor. Só que a imprensa decide muito.

No velho mundo a crônica esportiva tem uma grande importância, claro; mas de técnica eles não são tão conhecedores, pois estão acostumados com estilos medianos, que transformam em verdadeiros astros na Espanha, Inglaterra e Itália, em primeiro plano. Sempre foi assim.

Neymar está fora da disputa entre os três finalistas da Bola de Ouro e permanece em outras duas categorias. É difícil concorrer contra a badalação européia, atuando no Brasil. Ele já deu um grande passo; foi lembrado. Clique aqui e leia mais.

Foto e informações:
www.santosfc.com.br
Complemento:
pt.fifa.com
www.francefootball.fr

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!