terça-feira, 14 de maio de 2013

Tribunal impede efetivação de servidores pela janela

A decisão tomada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas só não agradou os interessados desta agressão constitucional. E nesta "gracinha", cerca de 6 mil servidores temporários da Prefeitura de Manaus entrariam para o quadro efetivo, driblando o concurso público. Clique aqui ed leia mais.

Foto e informações divulgadas em A Crítica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!