sábado, 1 de maio de 2010

Matou ladrão


http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano

Quando lembro dos ladrões que conheço, disfarçados e protegidos por familiares e políticos aqui em Manaus, imagino o que uma mulher com o temperamento assim, faria com os larápios; um deles é um psicopata, que roubou alguns pertences de uma figura pública local; e o outro, foi demitido por roubo de uma empresa; o cafajeste faz drama até hoje, fingindo que foi injustiçado; esse é daquele tipo, que sentia inveja dos brinquedos dos coleguinhas e fazia de tudo, para obter uma chance de danificá-los.

Não sou a favor da pena de morte, mas acredito que deve haver punição severa, contra os que se apropriam dos bens alheios. Clique aqui e leia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!