domingo, 2 de maio de 2010

Paulo Henrique Ganso


O meia do Santos Paulo Henrique Ganso fez história no Pacaembu, na decisão do campeonato paulista, neste domingo, 02 de maio de 2010. O jogo estava seguindo para alguns minutos do final, quando Roberto Brum, que havia entrado há pouco tempo foi expulso.

Nesse instante da imagem ele gesticula para o técnico Dorival Junior, que iria substituí-lo. É um sinal de não...


por traz do árbitro ele continua a negativa para Dorival...


e ergue o braço, com a mão estampando outro sinal do tipo, calma, deixa eu aqui...


depois vendo a troca por outro jogador, passa a mão no queixo. Eu nunca vi isso em campo, nem em transmissão ao vivo pela televisão. Jamais pelo que assisti na partida, vou condenara a conduta do atleta.

Eu vi pela TV um craque dando aula aos 20 anos de idade. Ganso só vai completar 21, em outubro.

O que me chamou a atenção foram as mudanças que o treinador fez. Atabalhoado, Dorival perdeu muito, para quem sabe o que é futebol simples e objetivo.

Sem exagero nenhum, Paulo Henrique, jogou como aqueles monstros sagrados, que assumem o controle; que pedem a bola e dizem: deixa comigo.

Há muito tempo o futebol não exibia um jogo tão disputado e cheio de emoções, como esta final entre Santos 2x3 Santo André.

Valeu, Paulo Henrique Ganso o seu futebol é de um autêntico campeão.

Imagens capturadas da Rede Globo de Televisão, retransmitida em Manaus pela TV Amazonas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!