quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Rio-RJ: edifício desaba


O blog registra a cobertura de algumas emissoras de televisão por assinatura, sobre um edifício que desabou no Rio de Janeiro-RJ.

O autor desta página lembra agora, que viu esta semana a reapresentação de um programa na telinha da Rede Brasil, sobre as mudanças da cobertura de eventos pelos profissionais de jornalismo em dez anos; e assistiu ao depoimento gravado de determinado repórter internacional que incluiu em seu texto, que a profissão dele ainda não havia sido invadida por amadores, na época do atentado de 11 de setembro nos Estados Unidos. Ele se referia aos internautas que criaram páginas diversas e blogs.


A obrigação de uma empresa de comunicação é oferecer o melhor possível; pois a maioria possui estrutura mínima, que se diferencia de uma única pessoa com um teclado e monitor para expressar sua opinião.

Tem fotógrafo que faz com uma câmera compacta, o que muitos não fazem com uma profissional; de que adianta tanto recurso, sem saber usar as variações possibilitadas aos vocacionados? Eu dentro do meu amadorismo não tenho compromisso, como deve ter alguém muito bem pago para as vezes, não justificar o salário que recebe.

O tal mago da imprensa mundial (que vou deixar sem nome aqui) esquece das inúmeras informações desencontradas que são transmitidas sobre diversos fatos; como agora está ocorrendo na cidade que já foi a capital do país até 1960.

Tudo neste momento gira em torno de especulações e nem sequer tem confirmação da altura do imóvel que foi ao solo. Vou seguir acompanhando. Claro, que dentro de algumas horas, o filtro de informações, vai dar uma outra dimensão ao que será divulgado com mais fidelidade.

Tenho que ter paciência e aceitar os tropeços dos premiadíssimos meios de comunicação que tanto nos oferecem o que de melhor existe no planeta.


O apresentador Eduardo Grillo do Globo News, já perguntou ao repórter que estava ao telefone, se foram um ou dois prédios que desabaram.

Agora são 20h16 em Manaus, 2 horas a menos do Rio-RJ e não há informação exata. As duas primeiras horas desta cobertura, foram de surra total. Um tropeço da imprensa em informar, usando o tal profissionalismo, tão apregoado por eles. E com todo um aparato em volta.

Sou fã de grandes jornalistas; não de fanfarrões. Nada contra o apresentador que aparece nesta postagem, que por sinal, tem bom padrão.

Imagens capturadas ao vivo das transmissões do Band News e Globo News

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Fique à vontade a casa é sua!